Adega Las Ninas

Arquiteto
Ano de Construção
1999
Localização
Santa Cruz, Chile
Algumas partes deste artigo foram traduzidas usando o mecanismo de tradução do Google. Entendemos que a qualidade desta tradução não é excelente e estamos trabalhando para substituí-los com traduções humanas de alta qualidade.

Introdução

Adega “Las Niñas” é uma empresa dedicada à produção e exportação de engarrafamento de vinhos , o cliente é uma empresa originária da cidade de Perpignan , na França , a partir daqui se destina a produzir o vinho que vai ser exportado para os Estados Unidos .

O programa incluiu uma série de pequenos laboratórios , escritórios administrativos, um armazém , um tanque e uma barris de madeira . Nas instalações do cliente são claramente explícitas certas condições : o projeto tem que resolver os aspectos técnicos da produção de vinho em uma área de baixo custo e estrutura simples , para não mencionar a claridade de um espaço net onde os detalhes têm ser destacado por despercebido.

Localização

O edifício está localizado a 280 km ao sul de Santiago , Chile, em Colchagua Valley, este é um lugar de paisagens amplas e largas visuais com fundo montanhoso , todo o vale é completamente rural e só encontrou grandes extensões de campos usados a produção da videira.

Conceito

O arquiteto trabalhou conceitualmente o projeto como se o prédio fosse uma série de caixas de material diferente e tamanho que interagem e respondem a programas de acordo com as necessidades do cliente .

Exteriormente , pensava-se o projeto para que o olhar é mimetizara com a paisagem circundante , durante o dia, e como as horas vão ficar em cima até a noite onde a escuridão uma vez que o edifício abraça a paisagem está presente quando iluminado artificialmente a partir do interior .

Espaços

Os espaços são enquadrados em grandes volumes , a maior ( 75 m de comprimento por 27 m de largura e 12 m de altura) contém a sala de depósito e adega , este volume tem outra casa menor ( 20 m de comprimento por 20 m de largura por 5 m de altura) contendo barris de madeira onde o vinho é estacionados para o envelhecimento , este volume anexado ao lado oeste pelo maior volume é cega para o exterior e se abre para o quarto tanque interno .

A vinícola também abriga outro volume contendo laboratórios , área de engarrafamento , escritórios e setores de saúde.

Estrutura

A estrutura é simples e barato , isso devido a requisitos de orçamento , eles são incorporados em colunas diferentes para a secção de carga nas duas fachadas receber este tipo de resolução também respondem melhor aos revestimentos , a tampa de metal truss revestida no tecto.

Materiais

O maior volume é feito de madeira e policarbonato , revestido internamente em aglomerado em seu céu ea fachada norte , este acentua o contraste esta com instalações de aço inoxidável , este apresenta duas crianças fachadas cegas ao leste e ao oeste com a longa janela na fachada norte , uma grande parede de policarbonato na fachada sul coleta luz natural para iluminar uma indireta naturalmente dentro durante o dia.

O quarto barril é feito de concreto armado e estava coberto por um gabião para dar mais volume , este não é apenas um problema de design uma vez que este foi equipado com uma atmosfera eloquente para o lugar de envelhecer , mas ter mais massa a parede tem uma eficiência térmica mais elevada .

Os laboratórios são totalmente revestidas com azulejos .

Resolução térmica

É importante ressaltar que este projeto em particular um ponto que era um ponto muito importante nas instalações do cliente , o fator térmico : esta função de forma técnica mista sala do barril tem ar condicionado, enquanto a sala de depósito e adega convecção ventilados naturalmente , isto é executado rodando a parte inferior da janela de correr lado norte e ar desenho no topo da fachada sul .

No lado de fora da fachada norte tem um revestimento duplo para a produção de uma corrente de ar ascendente entre as duas superfícies .

Plantas

Fotos