Pavilhão de Holanda para a expo 2000

Arquiteto
Ano de Construção
1997-2000
Localização
Hannover, Alemanha
Algumas partes deste artigo foram traduzidas usando o mecanismo de tradução do Google. Entendemos que a qualidade desta tradução não é excelente e estamos trabalhando para substituí-los com traduções humanas de alta qualidade.

Introdução

A Expo 2000 foi a primeira Exposição Universal na Alemanha e foi realizada de 1 Junho a 31 de outubro de 2000 no recinto da feira, na cidade de Hannover, sob o lema “O homem, a natureza ea tecnologia – origem de um novo mundo.”

Os objetivos: atingir uma exposição visões para o futuro e modelos para o equilíbrio entre o homem, a natureza ea tecnologia, e apresentar soluções para a coexistência de mais de 6 bilhões de pessoas no nosso planeta.

Os protagonistas em Hannover são recursos renováveis, a cultura da reciclagem e do progresso respeitoso da natureza.

Localização

Foi realizada em Hannover, na Alemanha.
O Hannover Mess é o recinto que abriga a exposição, uma área de 160 hectares na periferia da cidade.

Conceito

A Holanda é um país com alta densidade populacional. É o melhor exemplo de como um país é moldar seu ambiente para atender às suas necessidades. Uma e outra vez teve que recuperar a terra a partir do mar. Para espaços não só aumentando em todo o país, mas também verticalmente.

Esta última idéia é exibido no pavilhão quando empilhadas as diferentes paisagens.

Espaços

O espaço público é fornecido em vários níveis e também um espaço adicional para a visibilidade e acessibilidade, para o inesperado.

A idéia do pavilhão é caracterizado pela sobreposição de seis maneiras de ser a paisagem.

A partir do piso térreo, a “paisagem de dunas” levou para o espaço “estufa paisagem” onde a natureza e, principalmente, a produção agrícola, mostrou forte ligação com a vida, mesmo no novo mundo high tech.

No “pot landscape” grandes potes acolheu as raízes das árvores localizadas no piso superior ao jogar telas e imagens digitais de luz e mensagens de cor.

“Rain landscape” foi, no entanto, o espaço dedicado à água, que é convertido em exibição e mensagens de apoio audiovisual, grandes troncos de árvores cheias de “forest landscape”,enquanto que em cima do edifício o “polder landscape” recebido grande pás eólicas e uma grande área verde.

Visão Ecológica

Ecologia, o congestionamento, a densidade populacional, a relação entre o natural e o artificial são os temas abordados pelo estúdio holandês MVRDV na realização do Pavilhão Holandês.

Do ponto de vista da construção, o pavilhão realça a-naturais artificiais, alcançando e sobreposição de materiais opacos e transparentes, áreas verdes e tecnologia, a abertura e fecho para o exterior.

O edifício vai economizar energia, tempo, espaço, água e infra-estrutura. Isso cria um mini-ecossistema que procuram encontrar soluções para uma possível falta de luz e terreno.

A linguagem da arquitetura foi concebida como um processo através do qual novas soluções possíveis para os problemas de poluição, esgotamento dos recursos naturais, o congestionamento e habitabilidade dos nossos centros urbanos.

Plantas

Fotos